0
  Sistema   Email

Historia

A origem do nome do bairro deve-se ao fato de seus moradores decidirem, em 1950, construir a primeira capelinha do bairro, que recebeu o nome de
Santa Quitéria devido à imagem da santa que foi doada à capela por Dona Maria Bitana, moradora da região. O bairro também é conhecido como
“Carmela Dutra”. Segundo alguns moradores mais antigos, seria uma homenagem prestada à esposa do general Gaspar Dutra, ex-presidente da
República. Mas prevaleceu o nome de Santa Quitéria. No início, o bairro era uma extensa lavoura de milho, feijão, arroz e outros cereais e seus
moradores das mais variadas origens: alemães, poloneses, italianos. Os pioneiros lembram com saudades de suas caçadas e pescarias no Vale do Rio
Barigui. Na década de 50, o bairro começou a se desenvolver com a construção de inúmeros conjuntos habitacionais. Outro fator de progresso do
bairro foi a união e o sentido de vida comunitária de sua população. Um bom exemplo é a sociedade local, fundada em 1949, com a denominação de
Sociedade Beneficente e Recreativa de Santa Quitéria. Em 1971, junto à Igreja de Santa Quitéria, foi instalado o primeiro pavilhão do Pequeno
Cotolengo do Paraná, com o objetivo de atender crianças com deficiência. A ideia surgiu do padre italiano Dom Orione que ficou impressionado com
a semelhança deste tralhado ao realizado na Itália pelo padre Benedito Cotolengo. Atualmente o Pequeno Cotolengo se encontra no bairro Campo
Comprido.

Santa Felicidade

Santa Cândida

Riviera

Rebouças

Prado Velho

Portão

Pinheirinho

Pilarzinho

Parolin

Novo Mundo

Mossunguê (Ecoville)

Mercês

Open chat