0
  Sistema   Email

Historia

Através da Avenida Canadá e da Rua Guilherme Ihlenfeldt chega-se à região da Vila Tingui que, em 1975, foi oficializada pela
Prefeitura como um dos 75 bairros de Curitiba, recebendo a denominação de Tingui. O nome Tingui vem da existência, nos campos de
Curitiba, dos índios Tinguis que povoavam grande parte da Região Metropolitana. Eram orgulhosos de sua ascendência, tinham um
belo porte, daí o nome tingui significar “nariz afilado”. Esses índios eram hábeis na execução de armas e utensílios de pedra, amantes
da natureza, não hostilizavam os brancos exploradores de ouro, pelo contrário, lhes prestaram serviços na mineração, na criação de
gado e demais afazeres, deixando uma grande descendência mestiça. No princípio do século, os caboclos de algumas regiões do
Paraná costumavam dizer, em suas andanças: “Cuidado que eu sou Tingui!”. A palavra Tindiquera quer dizer “Buraco de Tingui”, e se
deve ao hábito dos índios construírem suas habitações em covas, abertas no chão, em pleno campo. Segundo uma lenda, o cacique
tingui Tindiquera (cuja estátua ornamenta a entrada do parque Tingui) indicou aos fundadores o local onde deveria ser construída a
Cidade.

Tatuquara

Tarumã

Taboão

Sítio Cercado

Seminário

São Miguel

São Lourenço

São João

São Francisco

São Braz

Santo Inácio

Santa Quitéria

Open chat